Sobe o número de pessoas acima do peso em Florianópolis

 

O número de brasileiros acima do peso sobe a cada ano. De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde, o número de brasileiros com sobrepeso é cada vez maior e atinge 52,5% da população adulta do país. Os dados críticos também chegaram à capital catarinense. Seis a cada 10 moradores de Florianópolis estão acima do peso ou obesos. É o que aponta a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde. O levantamento mostra que 15% dos habitantes da capital estão obesos e que 49,8% possuem excesso de peso. A obesidade é uma doença e não somente um problema estético. Atualmente é um dos problemas mais graves de saúde pública, em todo país.

Os números na balança aumentam e a disposição para enfrentar uma dieta equilibrada está cada vez menor. Por isso a necessidade de métodos que aliam mudança no hábito da vida das pessoas que desejam emagrecer para não fazer parte dos números alarmantes de obesos e sobrepesos no país. Um tratamento contra a obesidade, seguro e eficiente, é o balão intragástrico. Um método minimamente invasivo e que consiste na colocação de um balão de silicone no estômago por endoscopia. Dessa forma, acontece no paciente a sensação de saciedade mais precoce e, consequentemente, deixa mais lenta a digestão. Sem esquecer que uma dieta mais rigorosa associada com mudança de hábito e estilo de vida o paciente terá, visivelmente, mais rapidez na perda de peso.

Os médicos especialistas no tratamento endoscópico com o balão intragástrico, já colocaram mais de 40 mil balões em pacientes por todo o país. Com isso, eleva o país como um dos mais experientes no assunto. Os pacientes que desejam passar por este tratamento devem ter alguns cuidados e passar por uma avaliação segundo Dr. Eduardo Usuy Jr.: “É importante incluir o acompanhamento conjunto com psicólogos, para garantir a manutenção da ansiedade e o controle da alimentação, além de consultas com nutricionistas para garantir a substituição adequada dos alimentos. Outra recomendação é o acompanhamento de um profissional de educação física para a prática regular de exercícios. Assim o resultado a longo prazo, de uma real mudança de vida, será muito mais saudável e satisfatório.” Afirma o Endoscopista e Gastroenterologista.

 

 

 

Avatar Estrutura de Comunicação

Por

Estrutura de Comunicação

Estratégias Digitais Integradas


Somos especialistas em comunicação digital completa para a sua empresa ter ainda mais valor.


Receba conteúdos especiais

Assine nossa
newsletter

Preencha os campos abaixo