Importação é diferencial para pequenas empresas

Pesquisa do Sebrae estima que 1,5 milhão de pequenos negócios sejam criados este ano no Brasil. Neste cenário cada vez mais competitivo, as empresas buscam inovar para garantir seu espaço no mercado. A importação de produtos tem sido uma maneira para oferecer diferenciais aos consumidores brasileiros.

A empresária e sócia-fundadora da Ativo Soluções em Comércio Exterior, Samanta de Souza Brito, explica que há facilidades que permitem que pequenos e médios empresários apostem na compra de produtos do exterior. Ela reforça que o investidor pode estar ciente de que o tamanho da empresa não é um impeditivo para a aquisição de produtos estrangeiros.

Segundo Samanta, não há valor mínimo para se comprar um produto no exterior. “É possível trazer para o Brasil qualquer tipo de artigo desde que ele seja permitido por lei. O tratamento administrativo do processo, no entanto, deve ser muito bem analisado, respeitando sempre as licenças de importação prévias, as exigências dos órgãos anuentes, quando necessário”, completa Samanta.

Quando se fala em importação é comum associá-la à imagem de uma empresa de grande porte. No entanto, hoje o perfil dos importadores é bem mais abrangente, especialmente pelo fato de o procedimento poder ser adaptável. A carga fracionada, por exemplo, permite que vários embarcadores ocupem um mesmo contêiner. Nesta modalidade, o valor do frete é dividido proporcionalmente de acordo com o peso da mercadoria e a cubagem (volume).

“É possível importar um terço, metade e um contêiner inteiro, conforme a necessidade de cada empresa. Desta forma, mesmo que a carga seja em menor quantidade ou dependa da sazonalidade, é possível trazê-la para o Brasil em segurança”, afirma Samanta.

Vale lembrar que, para iniciar o processo de importação, o primeiro passo é buscar auxílio de uma empresa especializada em consultoria, assim, o processo se torna ainda mais pontual e econômico. De acordo com a empresária, uma assessoria pode identificar as melhores rotas tanto do ponto de vista financeiro quanto logístico, e o modal mais vantajoso (se o marítimo ou o aéreo).

Saiba mais:
www.ativosolucoes.com.br

Importação é diferencial para pequenas empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *