Como o meio digital pode ajudar sua empresa a se reinventar e a retomar os negócios durante a crise causada pela pandemia do coronavírus

Como o meio digital pode ajudar sua empresa a se reinventar e a retomar os negócios durante a crise causada pela pandemia do coronavírus

No início de 2020, inúmeras prospecções de negócios foram feitas por especialistas dos mais diferentes setores, e os cenários eram, em sua maioria, otimistas. Os dados apontavam para um crescimento gradual – que começaria este ano e se estenderia pelos próximos – da economia e uma retomada mais consistentes dos negócios. No entanto, passado o Carnaval, quando o ano começaria “pra valer”, fomos tomados pelo decreto de pandemia do coronavírus (Covid-19) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que obrigou mudanças de comportamento em todos os países.

Embora houvesse o exemplo da China, que instituiu o isolamento social e o fechamento do comércio, fábricas e serviços não essenciais ainda em dezembro de 2019, o anúncio da OMS e a necessidade de tomar medidas rígidas para conter a propagação do vírus pegaram muita gente de surpresa. Afinal, não havia tempo hábil de pensar ações paliativas que preservassem tanto a saúde da população quanto os negócios, as empresas e os empregos.

Os governos precisaram agir muito rapidamente e todas as medidas foram
tomadas no sentido de reduzir o contágio – necessidade mais urgente. Com isso, foi necessário fechar lojas, escolas, universidades, academias hotéis, shoppings e empresas de diversos setores, que rapidamente sentiram os resultados da suspensão das atividades.

Os impactos na economia

Cerca de 80% das empresas brasileiras são de pequeno ou médio porte, e foram elas as mais que mais sofreram com a queda de faturamento. De acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), em pesquisa publicada no início de abril, desde que foi declarada a pandemia do covid-19 pela OMS, 148 mil pessoas já perderam o emprego em SC.

Ainda segundo o Sebrae/SC, o estado tem 785.147 pequenos negócios, sendo 380.472 micro e pequenas empresas, e os demais, microempreendedores individuais. Os pequenos negócios são responsáveis por 91% dos empreendimentos catarinenses e por 57% dos empregos formais.

A pesquisa – que foi realizada com 2.120 empresários, de todas as regiões do estado, e tem 95% de índice de confiança e dois pontos percentuais (para mais ou para menos) de margem de erro – apontou que 19,5% das micro e pequenas empresas afirmam terem demitido em média dois funcionários até o início de abril.

Novas estratégias para novos resultados

Partindo desses números tão relevantes, mesmo entendendo que a luta contra a propagação da Covid-19 deva ser prioridade, é urgente também repensar modos de garantir a renda das famílias e de manter as empresas em funcionamento. Mesmo com as restrições de deslocamento e com o receio – por parte dos cliente – de realizarem compras ou fecharem negócios durante esse período de incertezas e instabilidades.

Manter as atividades da mesma maneira como era antes já não é uma opção para muitos empreendedores. Por isso, reinventar-se deve ser a palavra de ordem para enfrentar essa crise sem precedentes. É preciso criar novas maneiras de lidar com os clientes, que agora têm outras prioridades e têm mais cautela na hora de realizar uma compra, o que torna o processo de venda mais longo.

Por isso, mais que apertar os cintos cortando gastos, é hora de se reinventar, de criar novas formas de levar sua marca até o cliente, cada vez mais exigente; hiperconectado; que busca flexibilidade e agilidade, conveniência e personalização; e que preza pela qualidade em detrimento da quantidade e já não deseja produtos com obsolescência programada.

O futuro do seu negócio é digital!

Os líderes de grandes empresas brasileiras têm publicado suas opiniões sobre modos de agir para superar a crise, manter ou retomar o crescimento e, ainda que divirjam em alguns pontos, há um consenso quando o assunto é a importância de atuar em meio digital. Para isso, é preciso investir em marketing digital e produção de conteúdo próprio.

Essa estratégia é capaz de levar sua marca ao público-alvo de maneira eficiente, dando ao cliente a tão valorizada decisão de compra. Além disso, pode disponibilizar seus produtos em uma plataforma ou transformar o site da empresa em e-commerce. Também é possível oferecer serviços virtuais, como videoaulas, palestras on-line, consultoria etc., de maneira mais personalizada.

O mundo digital já é uma realidade. Redes sociais, blogs e sites como o YouTube deixaram de ser espaços de entretenimento e se tornaram ferramentas de negócios. Com o uso da tecnologia, é possível que todas as etapas de venda sejam feitas remotamente, desde a apresentação / divulgação do produto, até o pagamento e demais etapas de pós-venda. As facilidades são inúmeras tanto para quem vende quanto para quem compra.

O marketing digital oferece ferramentas e estratégias para tornar sua empresa uma referência no mercado. Por meio de ações como criação de conteúdo exclusivo para campanhas via Google, e-mail e redes-sociais, aumentando, assim, o fluxo no site da empresa e expandindo sua marca entre clientes e potenciais clientes.

É hora de inovar e de ir além das paredes de sua empresa! Conte com a gente para ultrapassar todas as fronteiras e ampliar a atuação de sua empresa nos meios digitais!

Por

Estrutura de Comunicação

Estratégias Digitais Integradas


Somos especialistas em comunicação digital completa para a sua empresa ter ainda mais valor.


Receba conteúdos especiais

Assine nossa
newsletter

Preencha os campos abaixo