Realidade aumentada: Saiba como aliar essa tecnologia à sua estratégia de marketing

Realidade aumentada: Saiba como aliar essa tecnologia à sua estratégia de marketing

É impossível pensar em ações de marketing – digital ou tradicional – sem o uso de tecnologia de ponta. Seja para automatizar os processos ou para medir os resultados, os computadores são fundamentais em qualquer ação. Diariamente, diversas ferramentas e metodologias são criadas para incrementar estratégias de marketing, outras, como a realidade aumentada, são adaptadas e ganham outros usos, passando a ser um diferencial para empresas e marcas que querem se destacar no mercado e oferecer novas experiências aos seus clientes.

A realidade aumentada foi criada nos anos 1990 (como uma evolução da realidade virtual). Inicialmente, era usada para auxiliar mecânicos (aeronáuticos e navais, principalmente). Logo, a tecnologia passou a ser usada em outras áreas, como o cinema e os jogos, e se expandiu tanto que, segundo a gigante Goldman Sachs, até 2025, o mercado da realidade aumentada voltada à experiência do usuário movimentará cerca de  80 bilhões de dólares somente nos Estados Unidos. 

Que tal sair na frente e considerar o uso da realidade aumentada nas ações de marketing da sua empresa?

Antes de entender como essa tecnologia pode ajudar os negócios, é preciso explicar que a realidade aumentada permite associar dados virtuais a ambientes reais. Em outras palavras, a realidade aumentada “coloca” elementos (como objetos, animais, prédios, automóveis etc.) em um cenário real, que pode ser uma rua ou a uma mesa de trabalho, por exemplo.

Provavelmente, você já jogou ou ouviu falar do Pokémon GO. O jogo criado em 2016 que virou febre no mundo inteiro e fez com que milhares de pessoas saíssem pelas ruas apontando seus celulares para “caçar” personagens. No último ano, o jogo registrou 65 milhões de usuários mensais ativos no mundo. Mais recentemente, você deve ter “colocado” em sua sala animais como tigre, tubarão ou águia utilizando o recurso 3D do Google. Esses são alguns exemplos mais populares de realidade aumentada.

Além do uso para estudos e lazer, romper a barreira entre o físico – como a tela do computador ou as páginas de um catálogo – e o virtual pode surpreender e encantar clientes dos mais diferentes segmentos. Para dar uma ideia de aplicação: uma construtora pode fornecer um material impresso com a imagem da rua onde será construído um novo empreendimento e o possível cliente, ao apontar o celular para este material, verá – em realidade aumentada, em 360º – o prédio que está sendo vendido e ter acesso a outras informações digitalmente. 

A publicidade vem se valendo dessa ferramenta que tem como principal característica a versatilidade – podendo ser usada por empresas de diversos setores – e que encanta pessoas de todas as idades.

No marketing de conteúdo, a realidade virtual pode ser usada para a divulgação de um lançamento imobiliário, como já falamos, de um show ou filme, como a ação realizada para divulgar o filme “Batman V Superman”, que transformou usuários do Snapchat em super-heróis.

As gigantes mundiais de cosméticos Maybelline e L’Oréal também atraíram atenção do público-alvo com ações com realidade aumentada. A Maybelline criou um aplicativo que permite que clientes “experimentem” as cores de esmaltes nas próprias unhas. Já a L’Oréal criou uma parceria com o aplicativo YouCam Makeup, para permitir que as pessoas pudessem utilizar virtualmente os produtos da marca antes de comprar. Atualmente, o YouCam Makeup é o aplicativo de maquiagem mais popular do mundo.

No marketing, a realidade aumentada dá mais autonomia ao cliente, permitindo que façam escolhas mais conscientes. Para as empresas, essa tecnologia contribui para a construção da marca e a construção da autoridade de mercado.

Por

Estrutura de Comunicação

Estratégias Digitais Integradas


Somos especialistas em comunicação digital completa para a sua empresa ter ainda mais valor.


Receba conteúdos especiais

Assine nossa
newsletter

Preencha os campos abaixo