Com presença de Maria da Penha, Acinam lança campanha contra a violência à mulher

A Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral (Acinam) lançou nesta quarta-feira, dia 30 de janeiro, a campanha “Diga não à Violência à Mulher, Menos ódio Mais amor” em evento para cerca de 300 pessoas que lotaram o auditório da Fiesc, em Florianópolis.

Participaram do lançamento autoridades e entidades de todo Estado bem como a farmacêutica bioquímica Maria da Penha, cuja história de luta por justiça deu origem à Lei nº 11.340, que protege as vítimas de violência.

A partir de fevereiro, mais de um milhão de garrafões de 20 litros d’ água mineral exclusivos da Acinam receberão o selo com o número da Central de Atendimento à Mulher, o 180, e circularão por todo Estado. De acordo com Tarciano Oliveira, presidente da entidade, o objetivo é divulgar o disque-denúncia para que o total de casos de agressões reduza. Em 2018, segundo a Secretaria do Estado de Segurança Pública de Santa Catarina, 42 mulheres foram vítimas de feminicídio. “É importante que as vítimas saibam que existe um canal de atendimento que pode ajudá-las, e que elas ou outras pessoas que tenham conhecimento de casos de violência denunciem”, completa Tarciano.

No evento, Maria da Penha contou sua história de 19 anos e seis meses em busca de justiça. Ela sofreu duas tentativas de feminicídio do ex-marido que deixaram sequelas para toda a vida. Há 35 anos está na cadeira de rodas e se tornou um símbolo de luta pela defesa das vítimas da violência. Para ela, a divulgação do número 180 é uma das formas de prevenir novos casos. “É essencial que a mulher vítima de violência ligue para o 180 e procure outras formas de ajuda, como um Centro de Referência à Mulher. Água é vida. É essencial. Assim, uma campanha como essa é pela vida”, completou.

Reunindo 14 indústrias de água mineral no Estado, a Acinam é uma entidade atenta às causas importantes para a sociedade. Fazem parte da entidade as marcas Acqua 10, Armazém, Blumenau, Cristalina, Font Life, Gravatal, H Leve, Juli, Lind’Água, Rio D’Ouro, Santa Catarina, Santa Rita, Serra Catarinense e Vila Nova. Em 2013, preocupada com a baixa no banco de sangue, divulgou uma mensagem de apoio à doação em mais de um milhão de vasilhames de 20 litros d’água mineral atingindo cerca de 5 milhões de pessoas.

Saiba mais:
www.acinam.com.br
www.facebook.com/AcinamSC

Com presença de Maria da Penha, Acinam lança campanha contra a violência à mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *